As consequências da Segunda Guerra para a Alemanha

A Guerra trouxe inúmeras consequências à Alemanha, ainda em 1945 não só as casas se encontravam em ruínas, mas também os costumes e tradições haviam perdido legitimidade. Como parte da punição, indústrias de diversos segmentos tiveram sua capacidade de produção muito reduzida, todavia, o plano dos Aliados não era a completa desindustrialização alemã, mas a limitação das atividades industriais para evitar um futuro conflito.

Após a tomada de Berlim e fim da guerra, o comércio havia sido reduzido ao escambo devido à desvalorização do dinheiro, trocava-se produtos e serviços. Com isso, a venda de ilegais e o mercado negro se tornaram frequentes, as pessoas vendiam principalmente cigarros, chocolate e café, que era um produto de luxo naquele cenário. Porém, apenas aqueles que ainda tinham alguns patrimônios podiam adquirir artigos.

Diante da situação do país em 1946, o acesso a alimentos era difícil, aqueles que viviam no campo tinham uma vantagem sobre os moradores da cidade, pois se suas terras fossem agricultáveis conseguiam plantar batatas e algumas verduras. No entanto, o maior problema não era a escassez de alimentos, mas de gerar renda para comprá-los do exterior, uma vez que a região agrícola do país estava tomada, obrigando a importação. Naquele contexto, os alimentos mais acessíveis eram batata, pão e farinha, a carne havia se tornado algo incomum na maioria das famílias; e para muitas pessoas eram as doações de amigos ou familiares do exterior que os impediam de passar fome.

Além disso, milhares de pessoas ficaram desabrigadas, como os 500 mil sem-teto na cidade de Hamburgo, e o inverno rigoroso de 1946-47 agravou a situação. Com isso, havia grande incidência de tuberculose – além de outras epidemias – e a mortalidade infantil também aumentou, favorecida pela má nutrição. Mulheres e crianças tiveram que trabalhar na reconstrução do país – transportando tijolos, pedras e materiais que fossem úteis – para receber maiores rações de alimentos.

No início de 1946, no intuito de controlar a economia do país, o plano dos Aliados reduziu drasticamente o número de indústrias. Os níveis de produção caíram para 55% comparados aos níveis de 1938, os setores que mais sofreram limitações foram de aço, indústria química, máquinas-ferramenta e, principalmente, a indústria bélica, que foi destruída. Essas medidas, que visavam evitar futuros conflitos, fizeram com que a Alemanha perdesse sua importância econômica nos primeiros anos após a Guerra e empobrecesse, porém, isso também prejudicou a reconstrução da Europa como um todo.

Nesse contexto de devastação e miséria, a restauração de serviços administrativos e básicos, como transporte e comunicação, bem como restabelecimento de uma ordem jurídica, representaram grande desafio aos Estados aliados. O processo de reconstrução do país necessitava, portanto, focar na recuperação econômica e das instituições políticas, e depois em renovar as relações sociais.

Referências

<https://www.dw.com/pt-br/a-dura-vida-dos-alem%C3%A3es-logo-depois-da-guerra/a-1573308>

NETO, Gustavo Augusto Schmidt de Melo. Recuperação da Alemanha no Pós-Guerra. 2014. 34 p. Monografia (Bacharelado em Ciências Econômicas) – Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP), [S. l.], 2014.

SILVA, André Felipe Cândido da. Notícias tristes dos velhos amigos: a Alemanha pós-Segunda Guerra na correspondência de Henrique da Rocha Lima (1945-1950). Revista História Unisinos, [s. l.], v. 17, ed. 2, p. 112-132, 2013. Disponível em: <http://revistas.unisinos.br/index.php/historia/article/view/htu.2013.172.04.> Acesso em: 30 ago. 2021.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie seu site com o WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: